quarta-feira, 16 de setembro de 2015

Intimidade entre o casal


Intimidade no casamento é um assunto que muitas moças têm curiosidade. Até onde se pode ir nesse aspecto? O que vai contra os princípios de Deus? O que é pecado e o que não é? 

Devido a minha profissão que lida só com mulheres na sua intimidade (sou depiladora) e especialmente quando vão se casar e por ser eu uma mulher cristã, muitas me fazem essa pergunta.

Podemos relacionar esse assunto com o texto bíblico que fala sobre a ordem no culto e que está em 1 Corintios 14:26 
26. Que faremos, pois irmãos?
Seja tudo feito para edificação.

33. Porque Deus não é de confusão,
e, sim de paz.

Na intimidade os dois devem se sentir edificados e honrado pelo parceiro (a). Deus estabeleceu funções bem definidas para cada parte de nosso corpo, porque Ele não é Deus de confusão.

Respeitar o que Deus estabeleceu é evitar confusão no presente e mais ainda no futuro. Os laços que envolvem um casal em sua intimidade pode vir de Deus ou do diabo, e para saber isso é só se perguntar:
Estamos agindo com ordem e decência? (14.40)

Podemos criar laços de luz envolvendo e ligando o companheiro (a) ou podemos criar laços de densa e pesada escuridão envolvendo a ambos. Não são as ginásticas e performance que tornarão esse momento maravilhoso, mas o amor que vem de Deus no coração de ambos que fará o encaixe perfeito e a satisfação plena depois, quando ambos se sentirão felizes, realizados e mais apaixonados. 

Lembrem-se que Deus fez tudo perfeito, que fomos criados à imagem e semelhança Dele, Ele nos criou de tal forma que o mais belo momento de um casal que se ama é quando eles se tornam um só, uma só carne ... a força desse momento é gigantesca porque é a força geradora de vida, é a força criadora, mesmo que não haja concepção, a força existe.

Por isso estejam atentos na intimidade, porque esse laço de luz ou de treva seguirá cada um quando saírem do quarto:  na relação familiar, no trabalho, nos filhos, em fim, em tudo.

Deus abençoe a todos!








quinta-feira, 10 de setembro de 2015

Ovelhas perdidas




Quando Jesus envia seus discípulos para sua primeira missão e com autoridade para curar enfermos e expulsar demônios, diz a eles para não irem aos gentios e nem em cidades de samaritanos mas que busquem de preferência as ovelhas perdidas da casa de Israel.

De principio isso pode parecer bem mais fácil, ficar ali onde já se conhece as pessoas, não estar no meio de pessoas totalmente estranhas, mostrar aqueles poderes no meio daqueles que os conheciam na simplicidade, bem fácil ... mas não é bem assim não e vejamos por quê?